Lama invade revendedora de carros após deslizamento de terra e dono estima prejuízo de R$ 200 mil

Caso ocorreu na manhã desta segunda-feira (25), em Salvador, na empresa que fica na Avenida Heitor Dias, sentido o Largo dos Dois Leões. Ninguém ficou ferido.

Uma revendedora de carros localizada na Avenida Heitor Dias, sentido Largo Dois Leões, em Salvador, foi tomada pela lama após um barranco que fica atrás do estabelecimento desmoronar, na manhã desta segunda-feira (25).

O caso ocorreu por conta da chuva que cai na capital baiana e deixa o solo bastante encharcado, o que pode causar deslizamento.

Prejuízo em revenvedora é estimado em R$ 200 mil — Foto: Alan Oliveira/G1

Prejuízo em revenvedora é estimado em R$ 200 mil — Foto: Alan Oliveira/G1

Ninguém ficou ferido, mas o prejuízo no local de cerca de R$ 200 mil, segundo informou Cristiano Tinoco, dono da revendedora há 15 anos. O homem disse ainda que 10 carros foram danificados e arrastados pela lama.

Funcionários da empresa estão trabalhando para retirar a lama do local, mas a maior preocupação de Cristiano Tinoco é de que haja novo deslizamento de terra. Para ele, caso isso ocorra, a situação pode ser pior, já que existe imóveis na parte de cima do barranco e, em caso de queda, eles podem atingir a revendedora.

“Eu estou com medo. Eu não quero ser responsável por negligência. Se existe um órgão fiscalizador que ele venha dizer se eu posso ou não ficar neste lugar. Os moradores das casas dizem que elas não vão cair, mas eles não são técnicos, nem engenheiros para garantir isso”, falou.

Lama invadiu revendedora de carros após deslizamento de terra em Salvador — Foto: Alan Oliveira/G1

Lama invadiu revendedora de carros após deslizamento de terra em Salvador — Foto: Alan Oliveira/G1


Cristiano disse que o deslizamento ocorreu por volta das 7h20 e desde então ele acionou a Defesa Civil de Salvador (Codesal). Entretanto, até 11h30, nenhum representante do órgão tinha ido ao local. A Codesal informou que as equipes estão sobrecarregadas por conta das solicitações emergenciais, mas que elas irão ao local.
De acordo com o boletim da Codesal, desde as 0h até 12h desta segunda-feira, 170 ocorrências foram registradas.
Os principais casos são ameaça de deslizamentos (42 ocorrências) e deslizamentos de terra (33 ocorrências). Os bairros com maior número de registros são Centro, Brotas e Valéria.

Funcionários da revendedora ajudaram na retirada da lama que invadiu empresa em Salvador — Foto: Alan Oliveira/G1

Funcionários da revendedora ajudaram na retirada da lama que invadiu empresa em Salvador — Foto: Alan Oliveira/G1

O céu nublado e as pancadas de chuva predominam em Salvador desde a última quinta-feira (21). Os efeitos da chuva foram sentidos pela população, principalmente na noite da última sexta-feira (22) e manhã desta segunda-feira (25).

Nesta manhã desta segunda, a avenida ACM ficou alagada na altura do Hospital Tereza Lisieux. Não há registro de feridos. Por conta do acúmulo de água, veículos e pedestres ficaram ilhados na avenida. Foi preciso ajuda do Corpo de Bombeiros para a retirada dos passageiros dos ônibus e ocupantes dos veículos de passeio.

A meteorologista Cláudia Valéria, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), explicou que a chuva que caiu na capital baiana não é a tempestade tropical, mas que o fenômeno natural influencia nas chuvas.

“Diretamente essa tempestade não tem relação com a chuva. É preciso destacar que a tempestade não está em Salvador, ela deve atuar mais no sul do estado, mas por ela [a tempestade] ser um sistema de baixa pressão intenso, favorece a convergência de umidade que provoca a chuva”, explicou.

Ainda segundo Valéria, entre 0h e 8h desta segunda-feira, choveu 38,6mm.

Lama invadiu revendedora de carros na Avenida Heitor Dias e destruiu carros em Salvador  — Foto: Alan Oliveira/G1

Lama invadiu revendedora de carros na Avenida Heitor Dias e destruiu carros em Salvador — Foto: Alan Oliveira/G1

Barranco que deslizou em Salvador e atingiu revendedora de carros na capital baiana  — Foto: Alan Oliveira/G1

Barranco que deslizou em Salvador e atingiu revendedora de carros na capital baiana — Foto: Alan Oliveira/G1