Primeiro bloco afro do Brasil, Ilê Aiyê faz aniversário de 45 anos nesta quinta; fundador lembra marcos históricos: ‘Dias de Luta’

Primeiro bloco afro do Brasil, Ilê Aiyê faz aniversário de 45 anos nesta quinta; fundador lembra marcos históricos: ‘Dias de Luta’

Comemoração será com festa em Salvador. Programação tem ‘Cortejo do Negão’ e shows na Senzala do Barro Preto, no Curuzu, com participação de Band’Aiyê e Daniela Mercury.

“Somos o afro pioneiro do Brasil e temos como visão sermos um bloco de referência que, com muita competência e muito saber, expande na contemporaneidade a tradição aprendida”. É assim, com essas palavras, que Antônio Carlos dos Santos, popularmente conhecido como Vovô do Ilê, descreve o bloco que fundou em 1974, o Ilê Aiyê, símbolo da preservação, valorização e expansão da cultura afro-brasileira no país, que celebra, nesta quinta-feira (1º), mais um ano de vida: o 45º da história.

A celebração do aniversário do bloco ícone de resistência e luta contra o racismo e afirmação do povo negro será com festa em Salvador, onde o Ilê nasceu.

  • Confira aqui tudo sobre a festa de aniversário do Ilê Aiyê
  • O bloco afro mais antigo do Brasil, o Ilê Aiyê, celebra na quinta-feira (1º), em Salvador, 45 anos de história como ícone de resistência e luta contra o racismo e afirmação do povo negro.

    A programação de aniversário começa com concentração às 19h, no Plano Inclinado da Liberdade, de onde sai o Cortejo do Negão, às 20h, até o Curuzu. Lá, na Senzala do Barro Preto, sede do bloco, às 21h, começa o evento em que a Band’Aiyê é a anfitriã da noite. Também é atração a cantora Daniela Mercury e diversos blocos afro e afoxés, além dos cantores Gerônimo Santana e Tonho Matéria. O show da cantora Daniela Mercury está previsto para 22h30.

    Entre os blocos afros e afoxés, marcarão presença o Filhos de Gandhy, Cortejo Afro, Malê de Malê, Muzenza, Os Negões e Olodum.

    Os ingressos são vendidos na sede do bloco, no Curuzu, na Boutique do Ilê, no Pelourinho, ou na entrada da festa. Os valores são R$ 60 e R$ 30 (promocional) para pista e R$ 100 para camarote, ficando R$ 70 para compra antecipada.

    Serviço

    45 anos do Ilê Aiyê
    Data: 1° de novembro (quinta-feira)
    Horário: Caminhada “Cortejo do Negão” – 19h (concentração) 20h (saída)
    Festa na Senzala do Barro Preto – 21h
    Local: Caminhada: Plano Inclinado da Liberdade até o Curuzu
    Festa: Senzala do Barro Preto – Ladeira do Curuzu
    Ingressos: Pista – R$ 60 e R$ 30 (promocional) ; Camarote – R$ 100 I R$ 70 (compra antecipada)
    Locais de venda: Senzala do Barro Preto (Curuzu), Boutique do Ilê (Pelourinho) ou entrada da festa

A programação começa com concentração às 19h, no Plano Inclinado da Liberdade, de onde sai o Cortejo do Negão, às 20h, até o Curuzu. Lá, na Senzala do Barro Preto, sede do bloco, às 21h, começa o evento em que a Band’Aiyê, ligada ao Ilê e formada exclusivamente por artistas negros, é a anfitriã da noite.

Também são atrações a cantora Daniela Mercury, os cantores Gerônimo Santana e Tonho Matéria e e diversos blocos afro e afoxés, como Filhos de Gandhy, Cortejo Afro, Malê de Malê, Muzenza, Os Negões e Olodum. Os ingressos pode ser adquiridos na sede do bloco, no Curuzu.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

*