Após embargar ‘caiaque elétrico’, prefeitura apreende equipamento usado por DJ na praia do Porto da Barra

Em nota, Semop informa que DJ insiste em realizar a atividade sem autorização de uso de som. Apreensão foi feita em praia perto do Farol da Barra.

O equipamento de som usado no “caiaque elétrico” do DJ Maroca, que promove “festas” dentro do mar do Porto da Barra, em Salvador, foi apreendido pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), na segunda-feira (7).

Mário dos Santos, conhecido como DJ Maroca, tem 62 anos e ganhou repercussão nos primeiros dias de 2019, depois que banhistas compartilharam vídeos de uma das festas feitas por ele.

O dj é morador na região da Barra e pratica remo há mais de 10 anos. Para animar o público da praia, ele coloca um som em um caiaque e sai puxando os banhistas para a folia.

Ao G1, Maroca informou que vai tentar resgatar o equipamento que foi levado quando ele estava em uma praia próxima ao Farol da Barra. “Eu estava no Porto da Barra e depois fui para o Farol [da Barra]. Quando vi, já foram os agentes e a polícia se aproximando, pedindo pra eu sair da água. Eles pegaram o som e levaram”, disse.

A Semop já havia embargado o “caiaque elétrico” e notificado o DJ, no momento em que ele chegava na praia, na última sexta-feira (4).

A Semop informou que mesmo orientado a não mais realizar a atividade sem autorização, Maroca descumpriu a orientação e reincidiu com o evento na tarde de segunda-feira.

Sobre a apreensão do equipamento, a secretaria explicou que o DJ insiste em realizar a atividade sem autorização de uso de som e também por configurar poluição sonora. Informou ainda que a atividade não possui nenhum tipo de licença para ser feita e coloca em risco a segurança dos banhistas que frequentam a praia do Porto da Barra.

A Semop informou que Maroca tem 10 dias para apresentar defesa por escrito junto ao setor de combate à poluição sonora da Semop. Em caso de aplicação de multa, o valor varia de R$ 1.039,85 a R$ 173.165,45 mil.

A secretaria também destacou que, conforme procedimento para todos os eventos em áreas públicas de Salvador, ficou acertado com o dj que ele daria entrada na solicitação da autorização, na Central de Licenciamento de Eventos da Prefeitura, entretanto, segundo a Semop, Marica não compareceu.

O dj conta que, no verão de 2017 para 2018, ele começou a levar para o mar o caiaque com uma caixa de som. A ação fez sucesso entre os banhistas do Porto da Barra e, no início deste mês, a “festa” foi registrada por dezenas de banhistas que estavam na praia e as imagens circularam pelas redes sociais.

Ele disse que levava o som para escutar, mas as pessoas começaram a curtir, a pedir música e ir atrás do caiaque.

O Porto da Barra é uma praia que costuma ficar lotada no verão e nos demais dias de sol na capital baiana, além de estar localizada em um dos circuitos do carnaval, o Barra-Ondina.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

*