BDM torturou e matou estudante encontrado em porta-malas, diz parente

Jovem de 17 anos ficou desaparecido por 23 dias; Jonas teve dois dedos do pé arrancados

A facção criminosa Bonde do Maluco (BDM) é apontada por moradores do Planeta dos Macacos, no bairro de São Cristóvão, em Salvador, como responsável pela tortura e morte do estudante Jonas Ribeiro dos Santos Neto, 17 anos. O corpo do jovem foi encontrado na manhã de sábado (5), no porta-malas de um Fiat Palio Branco, a um quarteirão da casa da família, com mãos e pés amarrados, além de um saco na cabeça.

A polícia já havia informado a suspeita do envolvimento de um grupo criminosono assassinato – sem citar, no entanto, qual seria a facção. A Polícia Civil afirmou, por meio da assessoria, que a autoria e a motivação do crime seguem sendo investigadas.  O adolescente foi sepultado na tarde desta terça-feira (8), no Cemitério Municipal de Itapuã. 

Em conversa com o CORREIO, um familiar do jovem, que preferiu não se identificar, afirmou que o corpo de Jonas estava sem dois dedos do pé esquerdo, o que aumentou os indícios de que membros do BDM são mesmo os responsáveis por torturar e matar o estudante, já que o lema do grupo é “tudo três”.


Estudante foi torturado e morto (Foto: Reprodução)

O corpo de Jonas foi achado em estado avançado de decomposição e, só no final da tarde desta segunda-feira (7), a família recebeu a confirmação do Departamento de Polícia Técnica (DPT), após análise das impressões digitais, de que o cadáver era do garoto, até então, desaparecido.
 

“Deixaram três dedos, deram muitas facadas nele, além de tiros. Foi uma covardia enorme o que fizeram com o menino. Um garoto querido, que não fazia mal a ninguém, absolutamente ninguém. Hoje, uma família, um bairro inteiro chora essa perda”, lamentou o rapaz.


Segundo a família, como o corpo estava sujo de terra, a suspeita é de que o garoto tenha sido enterrado depois de ser morto. Familiares também afirmaram à reportagem que durante as buscas da polícia pelo jovem, na região do Parque das Bromélias, o cadáver de um homem foi encontrado enterrado em cova rasa.

O CORREIO procurou a Polícia Civil, que não confirmou a descoberta do corpo. Por meio da assessoria, a pasta disse que precisava de mais detalhes para verificar a veracidade da informação. 

“Aquele Parque das Bromélias é um lugar macabro. Lá é comum encontrar corpos enterrados em cemitérios clandestinos. E possivelmente só largaram o corpo dele lá [no carro] por causa da procura, que se tornou pública”, completou o parente. 

O fato do cadáver do garoto ter sido deixado na localidade do Planeta dos Macacos, tão próximo da casa da vítima, foi uma tentativa do BDM se  “eximir da culpa”, acreditam os moradores.

“É uma guerra triste. BDM [presente no Parque das Bromélias] mata de lá, joga no Planeta [dos Macacos]. O planeta mata e joga nas Bromélias. É eternamente assim, e eles não estão nem aí que seja inocente”, afirmou uma moradora, também sem se identificar.

Conforme o CORREIO apurou, o Planeta dos Macacos tem a presença de uma facção denominada por “Ajeita”, cujo lema é “tudo a”. Uma fonte policial ouvida pela reportagem disse que o Bonde do Ajeita surgiu como uma ramificação da BDM, mas que atualmente não têm “uma boa relação” naquela região.

A informação foi confirmada por moradores, que garantiram que “o clima é tranquilo” – embora reiterem que é comum ver membros da Ajeita portando armas no Planeta dos Macacos. À reportagem, relataram que já há uma promessa do Ajeita de revidar a morte de Jonas, que eles teriam entendido como um recado da facção rival. 

Comoção
Entre abraços e lágrimas, os pais e irmãos de Jonas protagonizaram cenas de tristeza e comoção. Vestidos de branco, a mãe, a dona de casa Tânia Maria Ataíde dos Santos, 52, e o pai, o pedreiro Djalma de Sena Santos, 52, permaneceram inconsoláveis durante a uma hora que o caçula foi velado. 

Sob os cuidados dos outros três filhos, Tânia se esforçou e até conseguiu murmurar parte do louvour Filho Meu, do grupo evangélico Diante do Trono. Em certo momento, bem baixinho, questionou: “Por quê o meu filho?”.

Os olhos marejados denunciavam a tristeza que o pedreiro Djalma tentava conter diante da esposa. O olhar do pai até tentava desviar, mas sempre acabava voltado para a foto de Jonas – colada em um dos extremos do caixão branco que abrigou o corpo do caçula.


Família permaneceu unida no adeus ao estudante (Foto: Almiro Lopes/CORREIO)

A imagem dos membros da família diante do caixão, unidos pela dor, comoveu a maioria dos presentes. Cerca de 200 pessoas, entre amigos e familiares de Jonas, participaram do sepultamento. 

Aos prantos, a estudante Taíse Mendes, 18, contou à reportagem que o adolescente morto era querido por todos.

“Era um menino do bem, nossa alegria na escola e em todos os lugares onde ele estava. Estamos profundamente triste com esse absurdo, essa covardia que fizeram com ele”, lamentou a menina, que estudou com o adolescente por oito anos, em duas escolas no bairro de São Cristóvão.

Ao lado de Taíse, a também estudante Jaqueline Santos, 16, abraçava a amiga como quem parecia tentar de tudo para tornar a dor menor. “Eu não consigo acreditar, entender, como é que pode? Como algo assim por acontecer e pronto? É muito difícil”, afirmou a amiga de Jonas. 

O enterro, que estava marcado para acontecer às 15h, por atrasos na liberação de documentos do cartório, acabou sendo realizado só às 17h, após a chegada do pai do estudante. Antes disso, por volta de 15h, Tânia, já aos prantos, chegou ao cemitério acompanhada dos filhos. 

Na entrada principal, dentro de um carro, a dona de casa esperou pelo marido com a tristeza de quem estava cada vez mais próximo do pior momento da vida: enterrar o seu “bebê grande”, como se refere ao filho.

A porta do Cemitério Municipal de Itapuã parecia a sala do velório, mas sem o corpo presente. Os amigos família se aglomeraram para aguardar a chegada de Jonas, que não pôde ser visto, devido ao estado de deterioração.

O professor de boxe Reinaldo Couto, 38, conhecia o jovem morto há três anos. Tempo que a vítima frequentava os treinos do Objetivo Além, um projeto comunitário do bairro de São Cristóvão, onde Jonas nasceu e foi criado. Segundo Reinaldo, os 75 quilos distribuídos em 1,80 m garantiam a Jonas o porte físico ideal para uma atleta.

“O sonho dele era ser lutador. Ele um menino espetacular e dedicado. Humilde, esforçado. Ele era sempre o primeiro a chegar, porque queria ajudar a limpar, organizar a academia”, comentou o professor.

Reinado disse, ainda, que Jonas não podia comparecer aos treinos de preparação física e técnica, que aconteciam sempre cedo, no município de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana (RMS).

“Ele nunca podia ir, por causa do trabalho. Isso acabou retardando a estreia dele. O jeito que encontramos foi treinar ele na tarde e noite. Só agora ele ia realizar a estreia, estava preparado, e aí aconteceu esse absurdo. A covardia que fizeram com o menino, um jovem tão especial”, afirmou o professor, emocionado.

Jonas ia participar do Campeonato Baiano de Estreantes, que acontece no mês de março, logo depois do Carnaval. Seria a primeira participação oficial do estudante no esporte ao qual tanto se dedicava, ainda de acordo com Reinaldo. 
 

Último contato
O adolescente havia saído de casa na tarde de sábado (15) para participar da comemoração de aniversário de um amigo, no bairro de Itapuã. Primeiro a deixar a festa, Jonas saiu do local por volta de 22h. Às 22h30, chegou a falar com uma das irmãs, avisou que já estava no ônibus, a caminho de casa, no bairro de São Cristóvão.

Ele foi assassinado pouco depois. O corpo, encontrado já em estado de decomposição na localidade Planeta dos Macacos, a um quarteirão da casa da família, foi identificado por meio das impressões digitais. Yasmin Ataíde, a irmã mais velha, foi a última pessoa a ouvir a voz do adolescente.

“A ligação durou exatemente 31 segundos. Ele estava tranquilo, bem. Me disse: ‘estou no ônibus, daqui a pouco tô chegando'”, relatou Yasmin ao CORREIO, em referência à ligação, que aconteceu às 22h30 do dia 15.

Às 23h, o celular do jovem chamava, mas já não era atendido. A irmã acredita que Jonas estava sob o poder dos bandidos. Segundo ela, ao passar do ponto, como informou cobrador e motorista à família, o garoto pode ter se sentido inseguro de voltar para casa caminhando e sozinho. 

“Como ele sabia que o ônibus retornaria, que não faria ponto, resolveu esperar pra voltar. E aí foi pego, em circunstâncias que só a polícia vão poder dizer. As imagens já estão com a polícia”, afirmou Yasmin.

Segundo a professora Daila Ataíde, 26, a terceira dos quatro filhos de Tânia com o pedreiro Djalma de Sena Santos, 52, já no domingo, dia 16, segundo dia do desaparecimento, a família recebeu pelo WhatsApp uma foto onde o rapaz aparece machucado. A irmã acredita que o estudante foi morto no mesmo dia 15.

Procurada pelo CORREIO, a Polícia Civil afirmou que teve acesso à foto em que o estudante aparece ensanguentado, mas ainda vivo, vestindo a mesma camiseta preta que saiu de casa. A circunstância em que a imagem foi feita, no entanto, ainda não é conhecida pela polícia.

23 comentarios

  1. When a man becomes aroused, blood flow to the penis increases significantly. However, these symptoms are not specific for low testosterone levels and can be caused by many other factors. When it comes right down to it though, the waiting time varies from male to male. Get to know Cialis better.

  2. Este es el principal síntoma. Por ejemplo, la depresión es uno de los motivos que más tienen incidencia en disminuir el libido, e impide al miembro ponerse duro. Comprar Levitra pago contra reembolso.

  3. Otras causas posibles son fumar, que afecta el flujo sanguíneo en las venas y arterias, y anormalidades en las hormonas, como por ejemplo una cantidad insuficiente de testosterona. Comprar Levitra barata. Es una patología que se padece generalmente cuando se sufre un accidente y se necesita extenso reposo.

  4. On a per-milligram basis, vardenafil is significantly stronger than sildenafil and is usually used at a lower dose. The normal starting dose of vardenafil is 10mg, with tablets available in 5, 10 and 20mg dosages. Buy cialis online canada. The side effects of vardenafil are similar to other ED medications. The most commonly reported side effects include facial flush, headaches, stuffy nose and heartburn. Like other ED drugs, it’s also linked to more serious side effects in people with pre-existing heart conditions.

  5. Un profesional de la salud puede trabajar con usted para tratar una causa subyacente de su disfunción eréctil (DE). Aunque también podrás encontrar píldoras que se toman de manera cotidiana. Comprar Viagra generico online argentina. Como puedes ver, la disfunción eréctil es muy importante tratarla a tiempo y, por suerte, en los tiempos que corren, es muy fácil encontrar remedios para tratarla con eficacia. Esto es importante descartarlo acudiendo a un especialista si el problema persiste y no se identifican otros factores.

  6. Se puede comprar viagra generico en farmacias sin receta. Explicó que actualmente existen medicamentos para tratar este padecimiento, los cuales no solo contribuyen a tener una erección sino también mejoran la cantidad de espermatozoides y la calidad del orgasmo.

  7. Homeopatía: Los tratamientos impotencia con homeopatía son tratamientos alternativos que se combinan con los remedios caseros ya que son opciones que naturales fabricadas en laboratorios, tanto para la erección como para la causa que provoca el problema.

  8. Al disminuir la autoestima de los hombres, entran en estado de angustia y depresión e incluso obsesión; a su pareja, en tanto, le afecta la calidad de vida familiar y el desempeño laboral. La disfunción eréctil (DE) o impotencia erigendi (a veces llamada incorrectamente sólo impotencia) es la incapacidad repetida de lograr o mantener una erección lo suficientemente firme como para tener una relación sexual satisfactoria, una eyaculación o ambas.

  9. Pero los casos donde estos problemas persisten deben ser abordados.

  10. No pueden tomarla hombres que sufran retinitis pigmentosa o que estén tomando nitratos (al igual que el resto de tratamientos). https://www.anuncios.sitiosespana.com/author/comjoo/

  11. La impotencia o disfunción eréctil es una enfermedad frecuente que si no se trata puede llegar a afectar a las relaciones con la pareja, la familia, el entorno laboral y social. https://www.strawbalemarket.com/author/lipra24/

  12. Es importante destacar que tener dificultad eventual en la erección no se considera como impotencia.

  13. El urólogo, como especialista que se encarga de esta patología, es el encargado de determinar los factores que nos provocan la disfunción eréctil y la primera persona a la que debemos consultar. https://comprarcialis.online/

  14. A nivel biológico, una erección se da cuando el cuerpo cavernoso del que está constituido el miembro, se llena de tanta sangre que los vasos sanguíneos que lo recubren hacen que este se hinche, provocando de esa manera la erección. Comprar cialis barato

  15. Alrededor de la mitad de los hombres mayores de 60 años experimentará la condición, mientras que menos del 10 por ciento de los hombres menores de 60 años lo experimentan.

  16. Esto significa que cuanto más ansioso es un hombre por ser capaz de rendir, menos capaz es de hacerlo, y más ansioso se vuelve, y así sucesivamente, causando una espiral de deterioro.

  17. Men who have a problem with their sexual performance may be reluctant to talk with their doctor, seeing it can be an embarrassing issue.

  18. Estos fármacos son conocidos con el nombre de inhibidores de la fosfodiesterasa-5. Comprar cialis online entrega 24 horas..

  19. Las causas psicológicas de la disfunción eréctil no siempre están relacionadas con el sexo en sí. Comprar cialis genérico

  20. Los expertos creen que en momentos de estrés, la actividad en las secciones menos esenciales del cerebro, incluso en aquellas que controlan la excitación, comienza a disminuir.

  21. Los malos hábitos de vida, tales como: fumar, beber alcohol rutinariamente, drogas ilegales, o incluso la obesidad o el sobrepeso impiden que la sangre se distribuya uniformemente a lo largo del pene.

  22. Extreme cases of stress could potentially trigger the condition, but most recent research points toward a genetic cause. Anyone can experience hair loss, but it’s more common in men. It can be the result of heredity, hormonal changes, medical conditions or medications.

  23. Sometimes, a physician may pull a hair to examine the appearance of the hair shaft as well as the percentage of growing hairs (anagen phase). But if you understand the causes and accept them you are much more likely to conquer these fears. Treatment may help with some types of hair loss.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

*